24 Out 2017

Mudar de comportamento para evitar acidente de trabalho


O Bastonário da OrdEM defende a mudança de comportamento como ferramenta importante na garantia de saúde e segurança no trabalho e, acrescido a isso, a necessidade de se cumprir as regras de prevenção de riscos e acidentes profissionais nos locais onde se desenvolvem actividades laborais.

Ibraimo Remane, que falava durante a reunião da sobre essa matéria promovida pela Associação Moçambicana de Profissionais de Saúde Ocupacional e Segurança no Trabalho (AMOSSETRA), em Maputo, entende que em Moçambique a matéria sobre Saúde Ocupacional e Segurança no Trabalho tem estado ganhar cada vez mais espaço no debate entre massa laboral no sector público assim como no privado e a influenciar a tomada de decisões sobre as políticas de actuação a vários níveis, no entanto, ainda há muito por se fazer.

“A disposição de um potencial económico e humano consideráveis e a existência, no País, de um conjunto de normas jurídicas sobre a protecção dos trabalhadores contra os riscos profissionais nunca serão suficientemente úteis se não formos capazes de convencer a todos os intervenientes na cadeia das relações laborais sobre a necessidade de mudar de comportamentos,” afirmou, acrescentando que “os acidentes de trabalho são motivados por condições e actos inseguros no local de trabalho. Estas duas variantes só podem ser melhor controladas se o colaborador estiver devidamente formado e informado sobre as matérias.

“A consciencialização e formação dos trabalhadores no local de trabalho constituem, desta forma, a melhor forma de prevenção de acidentes.”

Como contribuição da OrDEM na prevenção dos acidentes de trabalho, o Bastonário deixou a promessa de esta organização colaborar directamente com a AMOSSETRA e demais Instituições do Estado e Privadas no sentido de garantir que esta componente seja inserida e implementada nas diferentes fases dos Projectos de Desenvolvimento, ou por outra, desde os estudos de Viabilidade até a sua implementação.