03 Nov 2017

Bastonário mantém encontros de trabalhos na Beira


Na sua recente visita à Cidade da Beira, o Bastonário teve a oportunidade de reunir com os membros da Comissão Instaladora do Núcleo de Sofala, entre eles os Engs. Ricardo Portugal (coordenador), Isidro Chivale, Orlando Belo e Catarina Garrido. O encontro visava discutir o andamento do processo da instalação do Núcleo de Sofala, os desafios que estão a ser enfrentados e mobilizar a equipa para agilizar o processo de formalização do Núcleo e auscultar as preocupações dos engenheiros a nível daquela província de modo que estás sejam todas em conta no desenho do plano Estratégico da OrdEM.

Entre as preocupações apresentadas pela Comissão, consta a falta de instalações para o funcionamento do Núcleo de Sofala, o reconhecimento de engenheiros formados no estrangeiros e a necessidade de intervenção da OrdEM na protecção das boas condições de trabalho dos engenheiros, entre outras.

Como forma de buscar soluções para estas questões, o Bastonário manteve encontro de trabalho com pelo menos três entidades daquela urbe, nomeadamente o director dos Caminhos de Ferro de Moçambique ao nível da Região Centro (CFM-Centro), o Eng. Augusto Abudo, com quem discutiu a possibilidade de esta empresa ceder temporariamente parte das suas instalações para o funcionamento do Núcleo.

Reuniu também com a Cornelder, tendo discutido a possibilidade de esta empresa passar a receber estagiário da OrdEM, os quais sem nenhum compromisso de emprego deverão ter acompanhamento de engenheiros sénior durante esse período. A Cornelder concordou ainda em apetrechar as instalações onde funcionará o Núcleo de Sofala com material de escritório.

Ainda na Beira, o Bastonário manteve encontro com o Presidente daquele Município, Daviz Simango, que prometeu formalizar a sua situação na OrdEM uma vez que ainda não se encontra inscrito. Neste encontro, foi discutido a cedência de terreno para a construção do edifício da Ordem dos engenheiros na Beira.

No fim dos encontros, o Bastonário fez um balanço positivo porquanto todas as entidades com que reuniu mostraram vontade de cooperar com a OrdEM.